Monday, January 18

é uma meia dose fáxabor....

esta istória tem contornos cada vez mais bizarrus e deixa um gajo perplexo..........

«o assitente apenas se limita a dizer que os arguidos mentiram imputando-lhe factos e actos que não cometeu, no entanto, não apresenta factos nemq ualquer prova nesse sentido, e tal por si só é insuficiente para concluirmos pela inveracidade e falsidade das declarações prestadas». ....portanto este gajo tá lixado ....nunca vai conçeguir sacudir a peçonha....se é ele que tem de provar que não fez nada ....eu cá não tou a ver como é que um gajo prova que não fez nada ... e pençei que a justiça era o MP provar que alguém tinha feito alguma coisa .....

mas.... se os outros não mentem e o Pedroso perdeu todos os proceççus que pôs aos que o acusam..... até agora .... atão não quer dizer que fez alguma coisa? quando se tenta defender dizendo que não fez nada os tribunais mandamnu bugiar ....ora das duas uma .....


mas no caso da justiça portuguesa pareçe que das duas .....cinquenta......

ficamus numa justiça meia dose tem toda a gente razão..... é a solução hegeliana pós moderna a conciliação de contrários irreconciliáveis ...... porreiro pá.....

5 comments:

Animal said...

é mais fácil entender o fulcanelli e os livros da cabala e as teorias do magueijo (tudo junto dentro dum saco e com o gato do Schrödinger lá dentro) do que perceber o que vai na cabeça destes iluminados de saias pretas.

diria mesmo mais: é fácil entender as mulheres, em comparação.

Pézinhos N' Areia said...

olhó rendeiro está de volta .... pah..... fixolas !!!


http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro_digital/news.asp?section_id=21&id_news=130388


mas atão ... não foi este gajo que phodeu (com p de philips) a vida a uns quantos ...?

MONKO said...

O NACIONAL PORREIRISMO NO SEU MELHOR.
E ATÃO O MANO NÃO INFLUI?

Pézinhos N' Areia said...

http://www.publico.pt/Media/portugal-condenado-no-tribunal-de-direitos-do-homem-por-entrave-a-liberdade-de-expressao_1418610

jccl said...

Fiquei-me pelo gato do Schrödinger...

A partir daí...

JCL