Sunday, January 17

e entrentantu já é dimanche

o fóculporto foi expuliadu por árbitros do apito vermelho e pareçe que nus uiltimus minutos ainda não viram um pénálti a favor dos ferreiras que não são jesualdos ....o spórtem anda a paçarçe daqui a nada ainda ultrapaça o fóculporto .....

e agora sem querer maççar o Assis ou aquele senhor açuriano que tinha más companhias nem incumudar ninguém daquele blogue que defende a honra e o .....car...car...carácter....do senhor porimeiro.... vou ao Joaquim ali de Rana que o home prepara uns petiscos do melhor embora a moi só me deixem comer garoupa grelhada com bróculius..... mas pode ser que se distraiam e me permitam deglutir uma muqueca de camarão ou ainda melhor uns secretos de porco preto e pode ser com bróculius e tudo.....

4 comments:

MONKO said...

PREÇIZO COM URGENCIA DE SABER A MORADA E O NOME DO RESTAURANTE DO ASSIS,POIS AS VEZES ANDO POR ESSAS BANDAS.
O MEU MAL E COMER A GAROUPA E SE VIER MAIS ALGUMA COISA TAMBEM MARCHA.
ISTO PARA NÃO FALAR NOS ESPIRITOS.
DEIXE AQUI A MORADA SFF.

mfc said...

Aproveitei logo para tomar o meu Porto Ferreira...

Animal said...

garoupa? porque não um robalinho? podia não afectar as coronárias mas parece que faz bem à conta bancária.

a culinária new-age é uma coisa complexa...

Dylan said...

Como é que alguém condenado pela justiça desportiva - por um órgão jurisdicional que exerce o poder público delegado pelo Estado – continua a ignorar esse castigo, debitando ofensas contra outros clubes, confundindo responsabilidade desportiva com a civil? Não obteve absolvição desportiva e viu mesmo o seu clube do qual é presidente ser castigado, mesmo assim, com a presunção que lhe é conhecida, vem arvorar-se em paladino da honestidade por terem sido arquivados todos os processos criminais exigindo uma investigação que ele designa por “apito encarnado”. Tal satisfação só é comparável ao facto de as escutas telefónicas terem sido declaradas inválidas em processos disciplinares desportivos... O nervosismo do senhor Pinto da Costa é evidente: fechando-se a torneira dos milhões da Liga dos Campeões, a gestão do seu clube ficará seriamente ameaçada. Aliás, era interessante explicar aos seus consórcios o motivo do FC Porto apresentar resultados financeiros nada favoráveis, mesmo com as vendas lucrativas de jogadores. Em contrapartida, o seu maior rival que está na frente do campeonato, dá espectáculo, enche estádios, bate recordes em número de sócios, lança um canal televisivo, inventa novas formas de financiamento e, mais importante do que tudo, falta pouco para o Benfica voltar a deter os seus direitos televisivos e cedê-los pelo preço que efectivamente a sua gigantesca massa de adeptos merece.

http://dylans.blogs.sapo.pt/